Benefícios da Hortelã – Para Que Serve? Emagrece? E o Chá? [DICAS]

Oi, pessoal, tudo bom? Hoje eu passei aqui para falar para vocês
um pouquinho sobre a hortelã. Vou falar sobre os benefícios da hortelã
e do seu óleo, além de falar sobre o chá de hortelã, o óleo de menta e, no final,
dizer para você: “Será que menta e hortelã são a mesma
coisa ou são coisas diferentes?” Então fica comigo que eu vou explicar tudo
isso aqui, nesse único vídeo, e ainda vou passar no final uma receitinha super gostosa
de suco detox de hortelã. Antes de mais nada: menta e hortelã… será
que são a mesma coisa? Será que não são? São e não são. Explicando melhor: as duas pertencem ao mesmo
gênero – que é o gênero mentha, com um H assim, no meio – só que a mentha piperita
é a hortelã e a mentha spicata é a menta. É um pouco complexo, mas na verdade, essas
duas espécies crescem praticamente juntas e se cruzam com muita facilidade. Por isso, até os biólogos, às vezes, tem
dificuldade de identificar o quê que é menta e o quê que é hortelã. Por isso nesse vídeo eu posso estar falando
menta ou posso estar falando hortelã, porque elas são praticamente a mesma coisa, têm
os mesmos benefícios, a mesma composição, praticamente. Por isso a gente trata ela como se fossem
iguais. Gente, a menta ou hortelã, tem uma coloração
linda, um sabor maravilhoso, um cheiro muito bom. Ela combina muito bem com legumes, com verduras…
e combina até mesmo com frutas. Dá para fazer sobremesa, compota, e tem uma
grande representatividade nutricional. As propriedades da hortelã são buscadas
também a partir do óleo essencial de hortelã, pela aromaterapia. Eu vou explicar um pouquinho melhor para você. A aromaterapia é o fato de você conseguir
ter benefícios através do aroma. Como a gente sabe que os sentidos são todos
interligados e que um aroma agradável e gostoso pode acessar áreas de bem-estar, de prazer
do seu cérebro. Então algumas pessoas muito estressadas,
às vezes tomam banho de banheira, ou pingam algumas gotas de óleo essencial de hortelã
ou de menta, na banheira, ou se não tem banheira, pega uma bacia com água morna e pinga isso
e coloca do lado do chuveiro para tomar banho. Isso ajuda a relaxar, a desestressar, então
essa propriedade de aromaterapia também é muito frequente no uso da menta. Além disso, eu acho que vale a pena ressaltar
e falar para vocês com segurança que – ao contrário de alguns óleos essenciais que
ainda estão sendo estudados, ainda estão sendo descobertos – o óleo essencial da
menta já tem vários benefícios cientificamente comprovados por muitos estudos científicos. Então, ele é até mesmo prescrito por médicos
de medicina alternativa ou de medicina moderna, pelas suas características benéficas já
comprovadas. Bom, agora eu vou falar dos oito benefícios
que eu considero principais da menta, da hortelã e depois eu vou te explicar como você pode
introduzir no seu dia a dia – a hortelã – na sua alimentação. Vamos começar com os benefícios então. Melhora da digestão: ela ajuda a melhorar
desconfortos intestinais, prevenir inflamação nessa área de estômago, intestino, mal-estar. Esse efeito positivo da hortelã é devido
a ação de antioxidantes que tem nutrientes que estão presentes nessas folhas. E o sabor único da hortelã também ativa
ação de glândulas salivares a produzirem mais saliva, o que melhora a digestão como
um todo. Com isso a gente consegue inferir que a hortelã
melhora a digestão, de uma maneira geral. Além disso, a hortelã ajuda também nos
processos intestinais, na flatulência. E para você conseguir os melhores resultados,
o ideal é que você consuma uma xícara de chá de hortelã, logo depois da sua refeição. Segundo, para quem sofre de enxaqueca e dor
de cabeça frequente, ela tem um papel muito interessante…até mesmo náuseas. Tem pessoas que tem o hábito – não se se
você já viu – de quando vão fazer viagem de carro, de trem, de navio, ficam mais enjoadas. Tem gente que é mais sensível né? Pegam umas folhinhas de hortelã e ficam mastigando. Porque, justamente, ela ajuda a diminuir dor
de cabeça, náusea, a dar uma regulada na digestão. Então, se é o seu caso, você pode tentar
melhorar um pouco, atenuar esses sintomas com a hortelã, ao invés de partir direto
para o remédio. Quem sabe ajuda para você? Bom, terceiro: ela auxilia nas doenças respiratórias. A hortelã, ela tem uma presença de mentol
que auxilia no tratamento de tosse, resfriados e bronquites. Porque esse componente ativo da hortelã ajuda
a diminuir a mucosidade, a viscosidade do muco, né, aquela coisa pegajosa. E, com isso, você consegue eliminar melhor
o catarro, desobstruindo os seios nasais, pulmão, vias respiratórias, ajuda bastante,
é muito legal! Quarta dica, quarto benefício: essa é principalmente
para os adolescentes e para as mulheres, às vezes, com ovário com policisto, que tem
mais acne. Ela ajuda bastante no combate, na melhora
dos sintomas da acne, porque ela é um excelente antisséptico, ela é um excelente anti-inflamatório
e antipruriginoso, que evita produção de pus. Então, você já deve ter visto que alguns
de seus cosméticos – se você tem acne – às vezes tem presença de hortelã na
composição. Você pode tanto consumir o hortelã ou escolher
uma máscara em casa, com um pouquinho de hortelã, misturar um pouquinho do seu creme
e passar um pouco no rosto, para dar aquela refrescada. Na verdade, essas questões de máscaras para
passar no rosto, principalmente se você tem acne mesmo e está tendo acompanhamento dermatológico,
é melhor você sempre confirmar com seu dermatologista se, no seu caso, é indicado. Porque acne parece algo muito simples, mas
tem vários graus de acne, as vezes complicações muito grandes e você não deve sair colocando
qualquer coisa no seu rosto, principalmente se você já faz um tratamento. Então, foca em consumir hortelã, tomar o
chá ou comer a hortelã mesmo. E, com relação a passar alguma coisa no
seu rosto, verifica com seu médico primeiro se no seu caso está liberado, está bom? Bom, quinto, ajudar a perder peso. Por quê? Porque ela estimula a produção de enzimas
digestivas. Com isso você consegue um melhor funcionamento
do seu estômago, do seu intestino, e favorece a eliminação de toxinas, a eliminação
de substâncias indesejadas do seu corpo. Com isso você consegue dar uma regulada em
todo seu processo metabólico, de absorção, digestão, num nível de estômago, intestino. Mas, como eu falei, ela age como um coadjuvante,
tá? A hortelã não é milagrosa nem vai fazer
você emagrecer por si só, tem que aliar uma alimentação mais equilibrada e a prática
de exercícios físicos. Sexto benefício: saúde bucal. Muitas pessoas, às vezes, deixam de prestar
atenção na saúde da boca, dos dentes, da língua e não sei você sabe, mas, quanto
mais bactérias você tem na sua boca, no seu dente, placa bacteriana, mais risco inclusive
de doença cardiovascular você pode ter. Então é uma coisa para você ficar ligado. Mas no âmbito dessa questão de saúde da
boca, do hálito… não sei se você sabe também, mas o hálito muitas vezes está
relacionado não com a higiene da boca, mas com problemas do seu estômago, com sua digestão. E dessa forma a hortelã ajuda tanto porque
ela ajuda nos processos de digestão como pelo frescor dela, por aquele aroma agradável. Até o chiclete né, é feito de hortelã,
com aroma de hortelã, as vezes é artificial, mas é! Então você mastigar hortelã ou tomar um
chá de hortelã ajuda tanto nessa questão de asepxia da boca – melhora né – digestão
e o próprio aroma refrescante. Sétimo: essa é para as meninas que sofrem
muito de cólica. Um chá de hortelã, às vezes, pode ajudar
bastante a reduzir, no seu caso, porque ela tem um efeito que relaxa um pouco a musculatura
uterina. E com isso pode ser que essa pressão da cólica,
do mal-estar, possa reduzir e melhorar o seu caso de cólica menstrual também. E também o oitavo benefício é que ela fortalece
e melhora o sistema imunológico. Ela tem vitaminas e minerais que ajudam na
proteção do nosso corpo contra possíveis inflamações, infecções e demais interferências
externas. A hortelã é fonte de vitamina do complexo
B, de vitamina C, D, E, além de alguns minerais como fósforo, cálcio, que são bem interessantes
para uma nutrição completa. Bom, então como que a gente pode introduzir
a hortelã no nosso dia a dia? A hortelã é super versátil. Você pode desde temperar uma carne com hortelã
– as carnes que combinam bem são as carnes de porco, são as carnes de cordeiro ou cabrito
– e eventualmente você pode fazer algum molho para colocar no seu franguinho, na sua
carne de vaca mesmo, de boi, do dia a dia. Você também pode introduzir a hortelã numa
salada que fica super refrescante! Você pode introduzir a hortelã na sobremesa,
por exemplo, abacaxi com hortelã, combina super bem, né, já é uma combinação meio
batida. Mas laranja com hortelã também é muito
gostoso! Você pode fazer tipo uma salada de fruta
e botar hortelã dentro que também ajuda. Ou você pode ser daquele grupo que fala:
“Ah, eu não quero mexer na minha comida. Eu prefiro tomar de uma forma mais prática,
como um chá de hortelã”. Bom, e aí o chá é aquele velho esquema:
Você ferve a água, meio litro da água, e aí, depois que levar para fervura, você
desliga o fogo, tira do fogo e aí você coloca um punhado de hortelã, das folhas de hortelã,
tampa e deixa repousando 5, 10, 15 minutinhos até você ver que a água ficou um verdinho
clarinho. Você pode servir imediatamente quente ou
você pode servir ele mais geladinho, não tem problema nenhum, no calor, tá uma boa
opção. Cuidado só quando você for adoçar, se você
achar que é necessário, porque se você botar mel, melado ou açúcar, você vai aumentar
o valor calórico desse chá, está bom? Eu falei que ia dar uma receita gostosa para
vocês. Eu vou passar a receita de um suco detox de
hortelã. Na verdade, você pode substituir a fruta
pela fruta que você quiser, a princípio. Quais são as frutas que combinam muito bem
com hortelã, na minha visão: São abacaxi, a laranja, o morango, essas
frutinhas vermelhas acho que sempre combinam bem com hortelã, apesar de que, às vezes,
é mais difícil você encontrar framboesa, amora, no Brasil, eles podem ficar um pouco
mais caro. Então a minha receita é:
Você pega uma fatia de abacaxi, pega 300ml de água, 1 colher de sopa de linhaça – da
farinha de linhaça ou da semente de linhaça- e hortelã, picadinha, à gosto. Bate tudo no liquidificador, não precisa
adoçar, porque o abacaxi já é bem docinho. E aí você vai ter um suco detox de hortelã
com abacaxi e linhaça, que é maravilhoso para você. E você? Você normalmente come hortelã ou você bota
no chá, no suco? Qual é a alternativa que você costuma buscar
para introduzir a hortelã no seu dia a dia? Se você tiver uma receita gostosa de hortelã,
bota para mim aqui também nos comentários, está bom? Me responde: como que você introduz a hortelã
no seu dia a dia? Também aproveita agora e se inscreve no canal
para receber sempre os novos vídeos, novidades legais, assuntos interessantes. Eu sempre estou fazendo vídeo novo e, dá
o seu like! Mostra se você curtiu aqui nesse vídeo,
para saber que eu respondi tudo que você queria saber sobre hortelã. Até a próxima, tchau tchau!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *